O seu Negócio e as Redes Sociais

Prezado leitor, mais uma vez é uma grande satisfação tê-lo como visitante em nosso blog.

Passados alguns meses do início do ano, esperamos que todos estejam tendo sucesso em seus negócios e em seus projetos – o que certamente passa, de certa forma, pela utilização das redes sociais.

Elas, por si só, já são um case de sucesso ao se destacar entre muitas iniciativas e projetos existentes ao redor do mundo e que, impreterivelmente, tiveram que iniciar suas atividades em algum dado momento – como o seu negócio.

Hoje, para que um negócio “realmente” exista aos olhos de seu público ele deve fazer parte e uso contínuo das ferramentas de comunicação social em rede – afinal somos aproximadamente 4 bilhões de pessoas conectadas à internet no mundo e onde, irremediavelmente, nos deparamos com pelo menos uma das consideradas cinco maiores: Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube

Para angariar um público e alcançar uma penetração cada vez maior junto ao público e, consequentemente, lhes transformar em clientes as empresas devem ter um planejamento de atuação para cada uma delas e saber qual o perfil de quem as utiliza, personalizando assim o conteúdo às preferências do público (ex.: o Instagram, por exemplo, tem um foco maior em publicações que valorizem as imagens, tornando por vezes cansativa e sem resultado efetivo uma postagem com textos longos).

Outro fato interessante para a ser considerado quando falamos desses meios de comunicação por empresas é realizar uma prévia seleção considerando uma descrição das pessoas que se quer atingir (definindo a persona) e a sua relevância para o negócio a longo prazo. Em um exemplo prático, peguemos uma empresa que se dedica à realizar empréstimos consignados à pessoas de baixa renda; nesse caso, o investimento deve ser dirigido às ferramentas mais populares no mundo e que reúnam grande parte das características esperadas e com uma linguagem simples e de fácil entendimento.

Outro fator fundamental e que por vezes pode passar despercebido é a manutenção de um padrão de escrita. Erros gramaticais e de concordância podem passar uma má impressão e gerar questionamentos sobre a reputação e idoneidade da empresa (como por exemplo: utilizar a palavra “concerto” para se referir ao reparto de automóveis).

Para aprofundar sobre o tema, vale a pena conferir algumas dicas simples em sites que fomentam o empreendedorismo ou de empresas especializadas em gerenciar mídias sociais.

Fique a vontade para deixar o seu comentário abaixo, será um prazer interagir com você.

Crédito da Imagem: Pixabay

😉

Equipe Coworking Nova Letra
contato@coworkingnovaletra.com
T.: (41) 3154-4144
C.: (41) 98533-3333 | WhatsApp e Telegram